1 de dez de 2008

Release - Quinto Show [Brasília 29.11.08]



A noite do dia 29 de novembro estava para ser marcada com o show da maior banda Cristã do planeta, P.O.D. quando entravamos deparávamos com dois palcos grandes, o local era iluminado e possuía amplo espaço para os fãs.
No primeiro palco varias bandas tocaram para não deixar os público no vácuo, depois de terminado o show no primeiro palco o Pastor que era um dos organizadores disse para nos direcionarmos para frente do segundo palco e por lógica o palco principal, então passadas as Pregações e Orações de grande importância para o show de Brasília os organizadores deixaram o palco para a banda de abertura oficial SkinCulture que tocaram algumas músicas de seu novo álbum “The Earth Spits” antes que o guitarrista Marcos Curiel da banda P.O.D. que olhava atentamente eles tocarem, cumprimentasse os fãs brasilienses, em seguida entraram os integrantes Sonny Sandoval, Noah Wuv Bernardo e Mark Traa Daniels sem dizer nada, eles tocaram de duplas dois tambores que foram colocados ali durante o show da banda SkinCulture, todos pesavam que iria ser o show tão esperado, mas ainda não era o momento, aqueles tambores foram só para dar ansiedade aos fãs, depois disso a SkinCulture tocou mais duas músicas e então tivemos 30 minutos de atraso, pois disseram os organizadores que o P.O.D. estava se preparando e eles aproveitaram para pregar e orar mais um pouco (foi abençoado o show), então chegou a hora esperada, o P.O.D. já estava pronto, as luzes do palco se apagaram.
A música “Intro” que seguida de muita gritaria dos fãs, então se acendem as luzes do palco novamente e o P.O.D. já entra com garra e muita atitude.
Tocam “Boom” para a energia fluir e empolgação total.
Em seguida o novo sucesso “Addicted” com muita empolgação e baderna.
Logo depois sem nenhum intervalo, tocaram a música “Set It Off” com muita empolgação, gritos e pulos.
Seguindo a setlist oficial “Kaliforn-Eye-A” que deixou os fãs agitadamente pirados.
Em seguida “Without Jah Nothin” com muitos empurrões e rodas punks sendo formadas.
Depois “Youth Of The Nation”, depois “Lights Out”, logo depois “Shine With Me”.
Em seguida “Southtown” com muita animação e agitos.
Depois “Celestial” um momento de reflexão onde Sonny se senta no palco e segura a mão de um Warrior, muito sortudo por sinal, e se não me engano, Sandoval até se emocionou.
Seguidamente “I’ll Be Ready” um reggae cheio de carisma e belo de se curtir.
Depois “Satellite”, no começo foi somente instrumental, pois o microfone do Sonny havia falhado, mas só no começo da música quando ele tentava dizer algumas palavras, mas ele viu que os fãs já haviam começado o refrão da música e então Sonny já empolgado fazia movimentos com as mãos que queriam dizer: “Vamos Warriors, vamos”, e assim a voz dele voltou a cantar no momento exato: “I wonder up ...”.
Logo em seguida tocaram o grande e inesquecível sucesso “Alive” e como todos já estavam empolgados de tão vivos, a música nos fez voar, e Sonny chamou um rapaz não sei quem era. Depois tocaram “God Forbid” com muitos gritos e a total atitude estimulante.
Um breve intervalo nos deixou com um desejo de quero mais.
Então entraram novamente com muita torcida e tocaram “Bullet The Blue Sky”, “Rock The Party” e acabou.

Texto By Thiago

P.O.D - Youth of the Nation

0 comentários:

0 comentários: